Get Adobe Flash player

 

ANO DO 28º ANIVERSÁRIO DA COMUNIDADE E. MAGNIFICAT, “cujo carisma é: EVANGELIZAR NO PODER DA EUCARISTIA”

                                      3ª CARTA – MARÇO - 2020.

     2020, desde o 1º dia do ano, nós, COMUNIDADE EVANGELIZADORA MAGNIFICAT; nos sentimos muito abençoados. A última semana de janeiro fizemos nosso RETIRO ANUAL, orientado pelo Pe. Carlos Paiva, pároco da paróquia Nossa Senhora da Saúde, Lambari. Fevereiro, acolhemos 4 jovens: Leonardo (Varginha), Deivid (Bom despacho), Pedro Henrique e Ryan (Juiz de Fora).

       De 22 a 26 de fevereiro, nosso ACAMPAMENTO DE CARNAVAL. Uma grande graça termos acolhido tantas pessoas que vieram orar conosco. Pregações, adorações, confissões e missas diariamente. A coordenação esteve a cargo dos consagrados Irmãos Elias Zanateli, Guilherme Prado. A Sra Flávia os ajudou também. Lanchonete sob a coordenação do Sr. Chico e Equipe funcionou muito a contendo. A cozinha ficou por conta do cozinheiro profissional, Sr. Wilkerson, militar reformado, que tanto nos ajuda aqui. Nossa livraria, com a presença de D. Conceição, coadjuvada pela enfermeira Elaine esteve sempre aberta aos participantes. Agradecemos todos os ministérios de música que abrilhantaram nosso evento. O concurso de fantasia da vida dos santos foi muito aplaudido pelos participantes. Padre João pregou como também o Pe. Silas. Os diáconos deram grande contribuição como também os membros consagrados. Nossos discípulos do 3º, 2º e 1º anos foram incansáveis nas lidas diárias. Alguns elementos da CEMA, nossa Comunidade Aliança, marcaram suas presenças ora ajudando, ora participando. Deus abençoe a todos que colaboraram, cujos nomes não se encontram aqui nesta missiva.

           Fomos ainda agraciados como a presença dos Padres do Renape que vieram passar 3 dias conosco. São eles: Pe. Walter, Pe. Lino e Pe. Eduardo da Arquidiocese de BH. Pe. Geraldo da Diocese de Oliveira. Foram 3 dias de pura graça pra nós.

Dias 3, 4, 5 e 6 de março, recebemos os sacerdotes da Comunidade ADORAÇÃO E MISSÃO, cujo fundador é o Pe. Hercules e moram em S. Paulo, capital. Vieram fazer retiro no CEM. Deus continua abençoando esta comunidade e nós agradecemos.

                                                                            

Pe. Pedro Paulo, Cem.

Fundador da comunidade E. Magnificat para servir a IGREJA.

Tema: Fraternidade e vida: dom e compromisso

Lema: "Viu, sentiu compaixão e cuidou dele" (Lc 10, 33-34)

Preclaros internautas, Saúde e Alegria!

Como é bom partilhar conhecimento não é mesmo? Motivada pela alegria da partilha é que venho aqui para deixar uma contribuição a respeito da Campanha da Fraternidade desse ano de 2020, mas, acredito ser fundamental olharmos para o início dessa Campanha que nos envolve enquanto estamos na Igreja militante.

Em 1961, três sacerdotes criaram uma campanha com o objetivo de arrecadarem fundos para ajudar os pobres e essa campanha teve o nome que conhecemos hoje: Campanha da Fraternidade (CF), que foi realizada pela primeira vez na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte no ano de 1962. Com uma boa ideia e ótimas práticas dezesseis dioceses também incluíram a CF em 1963, então no ano de 1964 tornou-se em nível nacional essa Campanha.

Pois bem, após uma breve história do surgimento da CF vamos falar a respeito do tema desse ano Fraternidade e vida: dom e compromisso. Ao olharmos o cartaz, percebemos a imagem de Irmã Dulce (que dispensa comentários) e ao fundo um lugar na capital baiana que se chama Pelourinho.

Padre Patriky Samuel Batista é Secretário Executivo para as Campanhas da CNBB e explica o seguinte: Irmã Dulce cuida. E seu modo de cuidar sinaliza uma Igreja em saída. Então, é cuidar das pessoas que estão próximas a nós. Onde estou é lugar de cuidado da pessoa, do mundo, da ecologia. Depois, o cenário faz menção à questão do mundo urbano. Amar é fazer o bem! Daí a beleza do cartaz, que está sintonizado com as  Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no que diz respeito ao pilar da caridade.

Ir. Juliana Parente, CEM

 

Ainda estamos vivendo a chuva de graça que foi derramada no Congresso Internacional das Novas Comunidades em Recife PE, nos dias 13 a 17 de janeiro do corrente.

O Evento foi realizado na Casa, (Obra de Maria), e contou com membros de várias Comunidades aqui do Brasil, Argentina, Itália, França, Sirilanka, Irlanda, Zâmbia, Maputo, Costa do Marfim, Cabo Verde, Líbano, Índia, Japão e Estados Unidos.


E, bebendo da espiritualidade da Renovação Carismática Católica, a Comunidade Evangelizadora Magnificat, que caminha sobre a “ponte” que nos une a Deus, na pessoa do seu Fundador, Padre Pedro Paulo (Padre Pepê), enviou a esse Congresso os diáconos Jorge Lopes e Wilians Ferreira para, juntos representarem a CEM, e beberem da riqueza de graças que foi este Encontro em Recife.

Na “ponte” que nos une a Deus, no diálogo entre a família católica, caminha evangelizando e se comunicando com a Igreja, a Comunidade Evangelizadora Magnificat. O comunicar-se com a Igreja “pessoas”, imagem e semelhança de Deus, faz desta família, acolhida ao novo (nova forma de evangelização numa Igreja em saída como nos pede o Santo Padre o Papa) e envio à busca do Senhor Jesus que se revela às nações.

Jesus percorria, então, todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, proclamando o Evangelho do Reino e curando nossas enfermidades e toda moléstia. Ao ver as multidões, Jesus encheu-se de compaixão por elas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas sem pastor. Então, disse aos discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para sua colheita” (Mt 9,35-38).Jesus é o Nosso Pastor, é aquele que nos comunica o Evangelho e cura as nossas enfermidades:

 

Em síntese, Esse Congresso Internacional para as Novas Comunidades em Recife, nos mostrou uma Igreja em saída, e nós somos esses “poucos trabalhadores” que caminha nessa ponte, dialogando no amor com nossos irmãos, tendo a certeza de que, temos um Pastor que nos trás a Boa Nova do Reino. Porque a espiritualidade lá apresentada foi de cura para nossas enfermidades. E como magnificats que somos, temos consciência de sermos enviados para trabalhar na messe do Senhor.

(Diácono Jorge Lopes dos Santos, CEM)

          Final de mais um ano. 2019 nunca mais. Agora é “encarar” 2020 e o fazer com ALEGRIA E ESPERANÇA. “A alegria do Senhor é a vossa força” (Ne 8,10). Não é fácil sorrir diante da dor, mas é possível se esforçar para que a alegria supere a dor, a mágoa, o sofrimento.

Tentar viver esse NOVO ANO com muita ESPERANÇA. “A ESPERANÇA não decepciona” (Rm 5,5). É acreditar sempre é tentar tornar o sempre até a morte quando a ESPERANÇA desaparecera. Com a nossa morte tudo desaparecerá. Permanecerá apenas a CARIDADE, pois a caridade é o próprio AMOR e o AMOR é o próprio Deus. Deus é amor nos adverte São João. E é verdade. “Deus é amor”.

         Abençoado NATAL cuja espiritualidade é vivenciar o grande e insondável mistério da ENCARNAÇÃO no qual o Divino se humaniza.

         Também seja abençoado o ANO DE 2020. Que ele cheque sorrindo e sorrindo o acolhamos de igual forma. Joguemos a tristeza fora e abracemos a alegria. “Alegrai-vos sempre no Senhor, alegrai-vos”.

         A COMUNIDADE EVANGELIZADORA MAGNIFICAT quer, de coração, AGRADECER a todos que, de alguma forma, contribuíram para nosso crescimento na sabedoria e na graça diante de Deus e do mundo. Muito obrigado. Deus abençoe a todos e a todos concede a graça da SAÚDE E DA PAZ.

 

         Pe. Pedro Paulo, fundador dessa obra MAGNIFICAT, cujo solo é EUCARÍSTICO e dele brota a Cura do corpo e da alma, pela graça de Deus e intercessão da MÃE DA MAGNIFICAT.

22 de dezembro do ano de 2019

E-mail | Link2 | Link3

Copyright © 2010 - ASSOCIAÇÃO COMUNIDADE EVANGELIZADORA MAGNIFICAT - Todos os direitos reservados

ROD. MG 167  KM 88 - CX. POSTAL 1037 - 37410-000 TRÊS CORAÇÕES/CAMBUQUIRA - MINAS GERAIS - (35) 3234-0250 - 3417-0576